Ultimas

Noticias

Policial

ÚLTIMOS POSTS

TV DO SUBÚRBIO




quarta-feira, 23 de abril de 2014

Em protesto, moradores de São Caetano fecham via e queimam entulho

Os moradores ateiam fogo em pedaços de madeira e entulho, fechando o tráfego de veículos nos dois sentidos da via, em protesto contra a desapropriação de imóveis na área
FOTO ILUSTRATIVA
Um protesto dos moradores do bairro de São Caetano causa um grande congestionamento na região na manhã desta quarta-feira (23). De acordo com informações da Central de Polícia, a manifestação começou por volta das 7h na avenida Nestor Duarte. Cerca de 150 pessoas estão reunidas no local. Elas protestam contra a desapropriação de imóveis na área.
Os moradores ateiam fogo em pedaços de madeira e entulho, fechando o tráfego de veículos nos dois sentidos da via. Segundo a Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador), a manifestação provoca um grande congestionamento que atinge o próprio bairro de São Caetano, além do Largo do Tanque e a avenida San Martin.
A situação é monitorada pela 9ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Pirajá). Ainda segundo a Transalvador, o trânsito flui normalmente nas demais vias da cidade. Há registro de lentidão na avenida Vasco da Gama, sentido Dique do Tororó.
 A capital baiana registrou apenas um acidente com uma pessoa ferida nesta manhã - um atropelo no bairro de Piatã. Por volta das 8h, uma mulher foi atingida por um Celta na região. Ela ficou ferida e foi socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O estado de saúde dela não foi divulgado. 
Outra manifestação complica o trânsito na avenida Barros Reis. Os moradores da região fecharam a via, sentido Sete Portas, em protesto pela falta de água no local.

Moradores fecham via da Fazenda Grande em protesto

Uma manifestação acontece, na manhã desta quarta-feira (23), no bairro de Fazenda Grande, em Salvador. Os moradores bloquearam as principais vias do bairro e o congestionamento já atinge a BR-324. 
 
Segundo a Rádio Metrópole, os manifestantes queimam pneus e a fumaça pode ser vista de longe. Ainda não há informações sobre quais reivindicações estão sendo feitas.
foto ilustrativa 

terça-feira, 22 de abril de 2014

ABSURDO!!! MORADORES RECLAMAM DA QUALIDADE DA ÁGUA EM VALÉRIA

Os moradores do Bairro Valeria, em Salvador, estão descontentes com o fornecimento de água no local há bastante tempo: segundo uma moradora que procurou a redação, a água que sai da caixa e vai para a torneira das casas está completamente escura.
Foto enviada para nossa redação/ Renata

 Se a água não sai escura, segundo afirma o moradora, há falta de água; ou seja – os moradores ou têm água de cor avermelhada ou água nenhuma. A alternativa que muitos residentes do Bairro de valéria  encontram é a busca de galões de água em fontes. 

Essa mesma A água avermelhada, serve para lavar roupa e louça.



Muitos moradores se sentem revoltados porque, para conseguir adquirir uma residência própria, como a que compraram no bairro em questão, tiveram de trabalhar muito e, ainda assim, não conseguem ter condições dignas de vida. Além disso, o IPTU lhes é cobrado de forma regular, independentemente das condições em que os imóveis se encontram.

 Grupos de moradores vem cobrando ao poder publico  para que estes atuem no sentido de defender os direitos desta comunidade.

Com resposta, a senhorita Embasa!

Jovem é espancado e morre esperando transferência de hospital

Paciente de 19 anos morreu após ficar mais de uma semana aguardando uma vaga de UTI. Ele foi espancado por mais de 20 homens na Praia do Forte, no dia 12 de abril
O estudante Huane Guimarães de Moura, de 19 anos, morreu, na tarde de ontem, após ficar mais de uma semana aguardando uma vaga de UTI em Salvador. Segundo o amigo Jadson Dourado de Oliveira, após ser espancado por mais de 20 homens na Praia do Forte, no dia 12, Huane foi levado para o Hospital Geral de Camaçari (HGC) com traumatismo craniano e perda de massa encefálica.
“O médico que atendeu lá disse que ele precisava ser transferido urgente para uma UTI, porque lá não tinha nem aparelho para fazer tomografia”, conta. Segundo Jadson, desde então, a família aguardava a regulação que, mesmo após uma determinação judicial, acabou não acontecendo. 
Moradores protestam na Lapinha; Sesab diz que houve assistência
(Foto: Portal Abahia news)
Na manhã de ontem, amigos e parentes fizeram uma manifestação no bairro da Lapinha, reinvindicando uma vaga. Cerca de 20 moradores queimaram pneus e impediram o tráfego de veículos na frente da Praça da Soledade.
Procurada, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou que o paciente já estava sendo assistido pela equipe do HGC em um leito de UTI.

Conta de energia terá aumento de 15,35% a partir desta terça-feira

Conta de energia terá aumento de 15,35% a partir desta terça-feira
Foto: Ilustrativa
A partir desta terça-feira (22), a cobrança de energia elétrica será reajustada em 15,35% pela Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba). O aumento foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Para os conectados à alta tensão, o reajuste será de 16,04%. Já os consumidores ligados à baixa tensão, como os residenciais, o aumento será de 15%. A Aneel aponta o gasto com a compra de energia, que aumentou 7,68% em relação ao processo tarifário anterior, como o principal componente do reajuste. 

Descobrimento Do Brasil - História Do Brasil


Em 22 de abril de 1500 chegava ao Brasil 13 caravelas portuguesas lideradas por Pedro Álvares Cabral. A primeira vista, eles acreditavam tratar-se de um grande monte, e chamaram-no de Monte Pascoal. No dia 26 de abril, foi celebrada a primeira missa no Brasil.

Após deixarem o local em direção à Índia, Cabral, na incerteza se a terra descoberta tratava-se de um continente ou de uma grande ilha, alterou o nome para Ilha de Vera Cruz. Após exploração realizada por outras expedições portuguesas, foi descoberto tratar-se realmente de um continente, e novamente o nome foi alterado. A nova terra passou a ser chamada de Terra de Santa Cruz. Somente depois da descoberta do pau-brasil, ocorrida no ano de 1511, nosso país passou a ser chamado pelo nome que conhecemos hoje: Brasil. 

A descoberta do Brasil ocorreu no período das grandes navegações, quando Portugal e Espanha exploravam o oceano em busca de novas terras. Poucos anos antes da descoberta do Brasil, em 1492, Cristóvão Colombo, navegando pela  Espanha, chegou a América, fato que ampliou as expectativas dos exploradores. Diante do fato de ambos terem as mesmas ambições e com objetivo de evitar guerras pela posse das terras, Portugal e Espanha assinaram o Tratado de Tordesilhas, em 1494. De acordo com este acordo, Portugal ficou com as terras recém descobertas que estavam a leste da linha imaginária (370 léguas a oeste das ilhas de Cabo Verde), enquanto a Espanha ficou com as terras a oeste desta linha. 

Mesmo com a descoberta das terras brasileiras, Portugal continuava empenhado no comércio com as Índias, pois as especiarias que os portugueses encontravam lá eram de grande valia para sua comercialização na Europa. As especiarias comercializadas eram: cravo, pimenta, canela, noz moscada, gengibre, porcelanas orientais, seda, etc. Enquanto realizava este lucrativo comércio, Portugal realizava no Brasil o extrativismo do pau-brasil, explorando da Mata Atlântica toneladas da valiosa madeira, cuja tinta vermelha era comercializada na Europa. Neste caso foi utilizado o escambo, ou seja, os indígenas recebiam dos portugueses algumas bugigangas (apitos, espelhos e chocalhos) e davam em troca o trabalho no corte e carregamento das toras de madeira até as caravelas. 

Foi somente a partir de 1530, com a expedição organizada por Martin Afonso de Souza, que a coroa portuguesa começou a interessar-se pela colonização da nova terra. Isso ocorreu, pois havia um grande receio dos portugueses em perderem as novas terras para invasores que haviam ficado de fora do tratado de Tordesilhas, como, por exemplo, franceses, holandeses e ingleses. Navegadores e piratas destes povos, estavam praticando a retirada ilegal de madeira de nossas matas. A colonização seria uma das formas de ocupar e proteger o território. Para tanto, os portugueses começaram a fazer experiências com o plantio da cana-de-açúcar, visando um promissor comércio desta mercadoria na Europa.

Trânsito confiram

Esporte Clube vitoria

Emprego

Esporte Clube Bahia

 
Copyright © 2013 O Suburbano Viu !
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates